"Você é o que escolhe ser. Escolha o amor." Isha

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Como soltar a necessidade de que os demais te amem .

Pergunta: Vejo que tenho muita necessidade que os outros me apreciem e poder fazê-los rir. Tenho medo de perder a aprovação deles. O que faço?
Isha: Primeiramente tua aprovação tem que ser para ti mesmo. E não por um comportamento, senão que seja por amor incondicional. Não importa o que eu esteja sendo, o que estou elegendo em cada momento, o que estou apresentando a cada momento, eu me amo sem condições. E uma vez que chegues a este ponto em que o amor a ti mesmo é tão importante do que a aprovação dos outros, isto irá mudar.
Ser entretenido, ser o centro das atenções para que outras pessoas te amem é um trabalho difícil! Constantemente eu tenho que estar entretendo. Constantemente eu tenho que ser doce e adorável. Constantemente eu tenho que estar agradando fora. Por quê? Porque não estou me amando. Não estou me amando.
A primeira pessoa que tem que te aprovar és tu mesma! Exatamente como és! Em cada momento.
E veja estes truques. Veja a forma como obténs atenção. Algumas pessoas seduzem, algumas ficam no drama assim todas as pessoas querem salvá-las, outras pessoas pagam tudo, outras são sempre os comediantes. Sempre há diferentes modos que tu crias para te sentir seguro. Outras pessoas estão sempre salvando os outros.
E tens que ver isto! Veja esta adiction (este vício). O que é que eu faço para que outras pessoas me amem? Sou sempre doce, assim outros me amam. Sou sempre educado e eu realmente queria dizer algo diferente, mas para que outras pessoas me amem (não digo). Sigo me abandonando para que outros me amem porque sou tão inseguro de não ser amado. Mas não podes viver assim!
É por isso que eu cheguei a este ponto. Me cansei de agradar a todos (fora). Me cansei de pensar que se eu perdesse algo externo eu não poderia existir. Me cansei de que minha felicidade dependia de alguém mais. Da aprovação de alguém mais. Do amor de alguém mais. E eu sempre projetava isso em alguém que era incapaz de dar amor. Assim eu tinha essa ansiedade constante. Vejam isso! Porque é teu espelho! “Mas eu dou, dou, dou e você não me ama!” Porque eu não estou dando na realidade. Eu quero algo e é assim que eu consigo. “Eu sou a boazinha”. E logo trocam os papéis. Mas é sempre a mesma coisa (estrutura), o mesmo espelho.
“Eu não posso receber... Eu não posso receber... porque eu não mereço ser amado”.
E você verá! Quando vais mais profundo dentro de ti... até as pessoas que aparentam ser mais poderosas, tão confiantes, o que sejam, no fundo, tem um sistema de crenças que diz que eu não mereço o amor.
Todos os seres humanos em graus diferentes, mas todos os seres humanos têm isso. “Eu não mereço ser amado” por isso que eu sigo demonstrando (atuando, chamando a atenção).
É verdade! Mas não importa, não é importante porque vamos consertar agora. É necessário apenas um pequeno ajuste na transmissão (humor).

Contribuição enviada pela nossa estudante compromissada Fabiana, de Brasília ! Muito Obrigado !
Video Original : http://www.youtube.com/user/ishainternacional#p/a/u/2/rwYdJf7oQyY

Nenhum comentário:

Postar um comentário