"Você é o que escolhe ser. Escolha o amor." Isha

terça-feira, 18 de maio de 2010








Blog dos Estudantes Isha do Brasil
Quem quiser publicar algo, como por exemplo alguma tradução ou depoimento, basta enviar para a coordenadora de BH responsável por atualizar o blog. O e-mail dela é: sviannaduarte@yahoo.com.br.


Seminário por videoconferência:
Quem tiver amigos interessados em fazer o seminário por videoconferência, basta entrar em contato com as coordenadoras: em Belo Horizonte (Sonia) e em Brasília (Fabiana) ou as mestras Valéria - valeria@isha.com ou Jaya - jaya@isha.com para agendar.


Data dos mega-intensivos no La I em janeiro de 2011:
Primeiro mega de 8 a 15/jan
Segundo mega de 17 a 24/jan.
Preços por semana:
- 280 dólares quarto quádruplo
- 300 dólares quarto triplo
- 320 dólares quarto duplo


Isha fala: Dinheiro x Iluminação

Nós temos essa idéia que dinheiro é especial, que é limitado. É apenas energia e é ilimitado. E você merece ele todo. Apenas não o transforme em teu Deus. Não pense que ele vai te dar liberdade absoluta. A única coisa que vai te dar liberdade é amor incondicional por você mesmo.
Mas dinheiro é uma coisa incrível. E você nunca pode ter demais (too much). Acreditem-me! É o julgamento. Você tem um julgamento que há algo errado com dinheiro. E é apenas outro aspecto da ilusão.
E você pode criar qualquer coisa que queira. E você pode desejar qualquer coisa que queira. E você pode ter qualquer coisa que queira. Desde que você perceba que é um jogo que você está jogando dentro da ilusão. E você merece tudo. Porque não é nem sequer real! Então por que você não deveria ter uma grande experiência?
Nós temos essa idéia que precisamos estar em pobreza... Que espiritualidade é estar em pobreza...
A coisa que não passa pelos portões do céu é o apego, não o dinheiro. É o apego ao dinheiro. O apego a tudo. Esta é a única coisa que te impede (stop you from) da iluminação. Se o seu foco mais alto é o amor incondicional por você mesmo, você pode ter tanto dinheiro quanto queira.
http://www.youtube.com/watch?v=3XrYNeVaDjk


Isha nos fala: Como amar sem machucar

"Em nome do amor se cometem muitos atropelos e abusos. O amor tudo pode, mas às vezes isso nos faz perder a dignidade e o amor próprio (auto-estima). Como amar, perdoar e colocar limites de cada vez?"

A mim não me soaria isso como amor. Soa como um apego crônico. "Faça o que quiseres, mas por favoooor continue me amando".
Então como eu conserto isso? Amando-me a mim mesmo(a). Transformando-me em algo que é muito precioso(a), que é importante e que merece todo o amor do mundo! Não é algo que está mendigando amor e que toleraria absolutamente tudo pelo medo de ser abandonado(a) inclusive todo esse sofrimento.
A primeira coisa que tens que fazer é ter clareza: o que é o amor? Porque isto não é amor.
O amor é uma energia e é um lugar muito seguro, muito profundo. É um lugar que todo mundo sabe. Um lugar de omniscência e de totalidade. E este lugar quer ser nutrido com cada vez mais amor, com mais e mais grandeza. Não quer algo que o danifique. Não quer algo que não o empurre para mais grandeza e que não o apóie. Isto não é amor. Isto não é amor.
Então encontre o amor e logo conhecerás o comportamento do amor. E tem que vir daqui (do coração). Não é um conjunto de regras. Quando você se transforma neste amor, esta é a coisa mais importante. E tudo aquilo que não esteja apoiando este amor, você irá rejeitar ou remover. Porque isto não é mais para você. Sim?
Então não use o nome do amor equivocadamente. Assegure-te do que é o amor e não simplesmente necessidade crônica.
http://www.youtube.com/user/ishainternacional?blend=2&ob=1#p/u/11/Ft_7L0chR8w

Traduções e informações encaminhadas por Fabiana Lopes Simões (coordenadora de Brasília)
Muito obrigada Fabi!

Nenhum comentário:

Postar um comentário