"Você é o que escolhe ser. Escolha o amor." Isha

segunda-feira, 4 de abril de 2011

COMEÇOU 2011: O QUE CRIAREI?

Temos diante de nós um papel em branco onde podemos expressar nossa criatividade, nossa paixão, nosso algo e não sabemos o que fazer com tudo isto. Talvez nos sentimos estancados em algum ponto.
Porque acontece frequentemente que quando você está unicamente olhando o exterior para que te guie, te dê, te indique, te aprove, em algum momento a falta de estímulo aparece.
Mas quando você se transforma na consciência, então não há necessidade de que a paixão, o estímulo ou o objetivo venham de fora: você se apaixona por tudo, você é a paixão.
Eu sempre acreditei que se fizesse algo que estivesse apaixonada, ia ser feliz, ia me sentir plena. Mas logo percebi que sempre fui muito total e apaixonada com os projetos que encarava, mas que em realidade não amava a mim mesma, não era livre. Não me amava porque estava cheia de medos subterrâneos, muito silenciosos.
Assim que tive que criar algo mais concreto, estabelecer cimentos sobre os quais me reconstruí nova e desta forma levar minha própria paixão, minha alegria e meu amor a todos os aspectos de minha vida.
Obviamente cada um de nós tem talentos diferentes e coisas que prefere fazer e se aprofundar, mas isto não quer dizer que o resto das coisas vão ser chatas e desprezadas e que não vai desfrutá-las. Por isto sua paixão teria que estar focada em realizar-se a si mesmo, para amar-se e assim poderia levar sua arte a qualquer coisa. Porque talvez você seja uma mãe, um cantor, um cabeleireiro, um construtor, um jardineiro, o que seja, mas isto que você faz, isto mesmo, é sua própria arte neste instante, porque o mais importante é o que você está sendo a cada momento, mais além do que esteja fazendo. Por isto necessita encontrar a paixão dentro de você, em você mesmo, em seu ser e assim o quer que faça irradiará.
Tudo que eu te digo é o oposto do que te disseram, mas funcionou para mim e compartilho com você como encontrei isto, porque finalmente, foi o que me transformou.
Se fazendo sempre o mesmo, obtemos sempre o mesmo resultado, mas nos frustamos porque queremos as coisas diferentes, não te parece que já é o momento de fazer algo diferente para conseguir um resultado diferente?
Então aproveitemos estes primeiros momentos do ano para desenhar e caminhar o novo em nossas vidas. E me contem, sim?
Isha

Texto enviado por M. Valéria Guimarães - Obrigada Valéria!

Nenhum comentário:

Postar um comentário