"Você é o que escolhe ser. Escolha o amor." Isha

terça-feira, 31 de maio de 2011

AMOR CONSCIÊNCIA

Algumas pessoas se perdem completamente em suas relações, e a única coisa que importa para elas são os seus companheiros. Não estão focadas em amar a si mesmas e não falam sua verdade, sempre estão cedendo para não incomodar seus companheiros e, fazendo isso, perdem todo o seu poder. E isso é bom? Não, não serve de nada para o seu crescimento. Mas crescer com outra pessoa em uma relação, juntos como indivíduos, é algo muito mágico.
Lembre que para poder encontrar amor em outro, deve ter primeiro esta experiência dentro de si mesmo, porque o seu companheiro é o seu espelho. Se está carente de amor, isto é o que será refletido.
O verdadeiro amor em sua forma mais pura é incondicional. Isto é amor real. Vem de dentro e se move para fora. O verdadeiro amor dá a cada aspecto de si mesmo, sem necessitar nem transigir. O verdadeiro amor vem de um lugar de inocência. É amor consciente, e está realizado e completo dentro de si mesmo. Todos os outros tipos de amor que experimentamos tem condições. São o que percebemos como amor dentro da experiência humana, mas não são expressões do amor verdadeiro. Estes tipos de amor podem apresentar-se como amor romântico ou o amor de um amigo, um sócio de negócios, uma criança ou um animal. Mas este amor tem condições.
Quando somos plenamente conscientes, somos o nosso próprio par perfeito. Quando estamos tão ancorados dentro, muito profundo no amor incondicional, podemos estar com outra pessoa, mas já não é uma necessidade. Neste caso, o amor está focado em mais crescimento, em ser mais e mais amor. Não se trata de completarmos com outra pessoa, porque estamos completos, dentro de nós mesmos.

Pense na faceta: Amor me cria em minha perfeição

Texto envado por: Elizabeth Alfenas
Obrigada Beth por sua colaboração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário